25 de set de 2009

Woofer: o anti-Twitter


Prolixos do mundo, uni-vos! Não foi com essa frase, mas deve ter sido algo muito parecido que um funcionário da LLC Company, uma pequena empresa localizada na capital americana, definiu seu novo projeto. Fundada no começo de 2005, a empresa ianque tem o hábito de incentivar seus funcionários a gastarem parte de sua sexta-feira em projetos próprios com o intuito de transformarem a Internet em um lugar mais divertido.
Foi assim que nasceu o Woofer, o primo desconhecido do Twitter. Os dois “primos” apesar de perguntaram “o que você está fazendo agora?”, possuem uma diferença fundamental: enquanto o Twitter oferece, no máximo, 140 caracteres, o Woofer obriga seus usuários escrevem posts com, no mínimo, 1400 caracteres.
E haja texto para tanto espaço! Acostumados a escreverem textos curtos para o Twitter, os brasileiros ainda sofrem para se adaptar a nova mídia. Tanto que o mais comum é uma postagem em torno de 300 caracteres e para atingir a meta mínima ou se repete a postagem por várias e várias vezes ou adicionando uma música qualquer.

Então, Bruno e companhia limitada, não se esqueça, quando você quiser analisar ou escrever algo mais sério e fazer todos os seus seguidores do Twitter saberem é só postar no Woofer (http://woofertime.com/) e linkar no Twitter depois.

Curiosamente, esse texto não poderia ter sido publicado no Woofer, já que possui apenas 1348 toques.

Outra curiosidade é o Squeaker, outro site free da LLC. O sistema também é baseado no Twitter, mas dessa vez você possui somente 14 caracteres para dizer ao mundo o que você está fazendo.

Nenhum comentário: