27 de fev de 2009

Eu não quero ser jornalista

No país em que o jornal mais influente, de maior circulação, tem apreço pela ditadura, cunhando a canhestra alcunha ditabranda.

No país em que a maior revista em circulação mente, a fim de criar uma crise institucional, que beira o golpismo descabido.  

No país em que a maior rede de televisão manipula insistentemente o imaginário nacional, tenciona, criminaliza movimentos sociais.

No país em que os jornais participam ativamente da luta de classes em prol do capital financeiro.

No país em que a criação de uma tevê pública é um imbróglio sem limites.

Neste país eu não quero ser jornalista.  

17 de fev de 2009

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:




PESSOAS QUE JOGAM MUITO WINNING ELEVEN PODEM TER REAÇÕES AGRESSIVAS.

12 de fev de 2009

o lago

provavelmente, nunca mais verei aquele lago como o via antes. sim, o caminho é o mesmo. depois que saio de woodlands, devo caminhar uns tres quilometros pelo acostamento de Stilley Road, desviando de meus próprios medos, fugindo daquilo que me persegue e é só sentimento... e, quando possível evitando tudo o que diz respeito ao que é vivo.
as casas, se bem se lembrar, ainda insistem na perfeiçao. para nos impressionar, aquelas casas sao de brinquedo.
e, como se fosse possível, com sorrisos elas nos afastam. toda propriedade é um convite a invasao.
quando puder, escreva.

amanha irei ao lago. e, desta vez, serei voce.



saudades que me consomem...

bruno

9 de fev de 2009

Vai começar tudo de novo...

Crédito: Max Fischer