30 de out de 2009

PUC é multada pela 2ª vez por fumo no câmpus

Instituição tem de pagar R$ 1.585 e pode ser fechada na próxima vez

Sexta, 30 de Outubro de 2009, 00h00
Fernanda Aranda
Estado de S. Paulo

A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) foi multada pela segunda vez por descumprir a lei antifumo. Ontem, em comunicado oficial feito pela reitoria da instituição a todos os alunos matriculados, a pró-reitoria da unidade solicitou colaboração dos estudantes já que, entre as sanções previstas pela legislação paulista, a unidade da zona oeste da capital paulista pode ser fechada, caso reincida pela terceira vez. A reportagem do Estado não conseguiu contato com a Assessoria de Imprensa da PUC nem com representantes da universidade na noite de ontem. Mas no site da Divisão de Comunicação Institucional da universidade, no dia 7 de outubro, foram postadas informações sobre a primeira infração, flagrada no dia 18 de setembro por fiscais do Procon. No texto foi explicado que a PUC-SP foi multada em R$ 792,50 após agentes terem flagrado pessoas fumando no câmpus Monte Alegre na frente das salas 109, 222-E, 316 e 502 do Prédio Novo. "A maioria dos fumantes respeita a lei. A universidade pagou o preço da falta de cidadania de alguns integrantes da comunidade. A responsabilidade de zelar para que nossa universidade não fique vulnerável a novas sanções é de todos", afirmou ao portal Hélio Deliberador, pró-reitor de Cultura e Relações Comunitárias.Pelas regras estaduais em vigência há mais de dois meses no Estado de São Paulo, o estabelecimento que permitir o fumo ou o fumódromo em espaço interno e fechado é penalizado em R$ 792, valor que dobra no segundo flagrante e pode render suspensão de atividades por 48 horas na terceira infração. A partir da quarta vez, a interdição é por até 30 dias. Estudantes da PUC informaram que o último comunicado da reitoria foi feito ontem por e-mail. Além de ressaltar a ameaça de fechamento da universidade, a pró-reitoria de Cultura e Relações Comunitárias informou que o "serviço Médico da PUC-SP está à disposição para aqueles que pretendam deixar de fumar, para auxiliá-los e orientá-los nessa difícil tarefa de largar o vício". Assim que a lei antifumo passou a vigorar em SP, a PUC informou que iria repassar o valor da multa ao estudante identificado como infrator das normas. A Universidade de São Paulo (USP) também adotou discurso semelhante.Segundo balanço divulgado no início do mês pelas secretarias estaduais de Saúde e Justiça - responsáveis pela fiscalização da legislação, as lanchonetes são os tipos de estabelecimentos que mais aparecem entre os multados - 51 das 145 multas aplicadas. Porém, entre as queixas feitas ao disque-denúncia, as universidades ganham destaque. Englobam 11% das queixas; as casas noturnas respondem por 8%.

fonte: http://m.estadao.com.br/noticias/impresso,puc-e-multada-pela-2-vez-por-fumo-no-campus,458751.htm

27 de out de 2009

Separados no nascimento (3)

Gargamel, dos Smurfs





Ricardo Gomes, técnico do São Paulo






Ou seria o contrário (3)?

22 de out de 2009

Entrevista: Fabinho Geléia, o traficante.

Em um ato de ousadia e coragem, a reportagem do Blog Androceu estabeleceu contato com um dos mais sanguinários traficantes do Rio de Janeiro. Conhecido pela frieza com que manda executar integrantes de facções rivais a sua, de nome "Taturana F-7", e apontado pela própria mãe como "um menino dos mais mal-criados", Fabinho "Geléia" concedeu rápida entrevista ao blog, na qual discorreu sobre a cultura do morro, o problema das drogas e corrupção.

Blog Androceu: Seu tempo é curto?
Geléia: Estreitíssimo.
BA: Por que?
G: Só nos corre...
BA: Cansa muito né?
G: Tem uns momento relax.
BA: O que você faz quando não está trabalhando?
G: Solto uns pipa.
BA: Lembrar dos tempos de olheiro?
G: Bate uma nostalgia à vera.
BA: E a família, tem tempo pro filhão?
G: Garoto firmeza!
BA: Lula é cuzão?
G: De boa ele.
BA: Mas e os ladrões de Brasília?
G: Cuzão, véio.
BA: Cuzão, né?
G: Tudo cuzão!
BA: Tudo nóia mesmo?
G: Vixi, matar tudo lá.
BA: Cuzão, então?
G: Cuzão, sem dúvida!
BA: Joga bola?
G: Chuto umas cabeça aí (risos).
BA: Rio 2016?
G: Prefiro o mengão.
BA: Topa jogo rápido pra fechar?
G: Canta aí, véio!
BA: Uma palavra.
G: cú.
BA: Um perfume.
G: álcool.
BA: Bebida.
G: Fanta gelada.
BA: Um sonho.
G: Menino crescendo com os pipa no alto.
BA: Som.
G: Demorô uns funkão fudido!
BA: Mulher.
G: Com bunda larga.
BA: Drogas.
G: Dollar...
BA: Rio de Janeiro.
G: Só cuzão.
BA: Religião.
G: Budista.
BA: Uma frase.
G: X-9 é tudo pau no cú que tem que morrer no microondas.

20 de out de 2009

Acabando com o esputacho

CONVITE

No próximo dia 4 de novembro, horário ainda a ser definido, estarão dando um fim ao Trabalho de Conclusão de Curso este quase jornalista que escreve e sua fiel companheira de pesquisa, Elisangela F. Silva.
O título do livreto é Telerrealidade - o cotidiano editado e a banca avaliadora será composta pelos jornalistas José Arbex Jr., Eugênio Bucci e Marcos Cripa. A presença do jornaleiro Ricardo Sampaio, que possui uma banca de jornais próxima à casa de um dos autores do trabalho, ainda não foi confirmada.

Após a apresentação, seguida de calorosa discussão teórico-epistemológica, os anfitriões levarão seus convidados para apreciar dose da mais requintada pinga do bar do Paraty.

Contamos com a presença silenciosa de todos que, mal-e-mal, se interessam por jornalismo, televisão, telejornalismo, pornografia e anticoncepcionais.



Um abraço,


Bruno de Pierro.

16 de out de 2009

Musa da semana: Paloma Tocci


É com muita alegria que anunciamos o retorno da seção "Musa da semana" ao nosso blog.
A escolhida dessa vez é a jornalista esportiva Paloma Tocci. Ela tem 27 anos e trabalha na Band.

9 de out de 2009

Éisshxtra



Nada mal essa capa do carioquíssimo e popularzão Jornal Extra:



(retirado do blog do Juca Kfouri)


É claro que, em quesito capa estrambólica, ninguém ganha do Meia Hora. Procurem por "capa meia hora" no google imagens e vocês verão a clássica "Luana não tem mais (foto do Dado Dollabella) em casa", e também coisas como "PM sacode Cidade de Deus e pega espada do He-Man" e "Ma-ma-mataram o ga-ga-gaguinho"...

3 de out de 2009

Rio dois mil e dezesseis



Em 2016, vou realizar meu sonho: pintar meu carro de amarelo e ir morar no Rio

Se eu fosse jornalista esportivo, seria contra Copa do Mundo e Olimpíadas no Brasil. Quer dizer, se eu fosse um daqueles jornalistas esportivos fodões mesmo, que cobrem in loco esse tipo de evento. Convenhamos, o Rio é um lugar muito bacana e tudo mais, mas não é sempre que você pode ir pra Chicago, Tóquio ou Madrid com a grana da firma. Qualquer reporterzinho de campo mequetrefe da Rádio Itatiaia vira-e-mexe vai pro RJ cobrir um Botafogo x Atlético Mineiro(ou vai nas férias mesmo, já que Minas não tem praia). Agora, qualé a vantagem, pra mim, suposto jornalista esportivo fodão, de ir cobrir um jogo de Copa em Curitiba ou as Olimpíada no Rio? É mais ou menos como se esses coisas grandiosas acontecessem em Monte Alto ou Orlândia.

Além do mais, Olimpíada é um troço chato pra cacete, e acho que não sou o único a pensar assim. Até onde sei, brasileiro só gosta e se importa com futebol. Bem, mas se querem comemorar, à vontade; depois agüenta a disputa da medalha de bronze de Badminton – que espero que aconteça depois do almoço e com narração do Cléber Machado, vai ser da ora pra tirar uma siesta.



2 de out de 2009

Enquanto o texto que presta não é escrito...

O blog Androceu manda os parabéns à Cidade Maravilhosa pela conquista do direito de sediar os jogos de 2016. E aproveita para mandar o aviso: Pode gelar a cerveja, pois estamos voltando...