2 de abr de 2009

Caso Amendoim: Peritos não descartam que Bruno tenha tentado suicídio

Depois da reconstituição, polícia abre inquérito e começa a colher depoimentos.

DA REDAÇÃO


Peritos do Instituto Médico Legal e da Polícia Federal realizaram nesta quinta-feira a reconstituição da morte do influente subeditor do Blog Androceu Bruno de Pierro, 21, em São Paulo.

Moradores de um prédio vizinho ao apartamento onde Bruno morava participaram da reconstituição, mas em nada puderam ajudar, já que o rapaz estava sozinho no momento do engasgamento. Os peritos foram até o décimo quinto andar do prédio e tentaram encontrar mais evidências de que a morte tenha sido mesmo causada por amendoins. “Não descartamos a hipótese de suicídio. Tendo ciência da mente criativa do morto, não desconsideramos o fato de que ele possa ter se matado usando, magistralmente, amendoins”, declarou o perito-mor Wallace Cruz. Entretanto, parentes e amigos de Bruno contaram que ele não apresentava evidências de que poderia cometer um suicídio. “Aquela vez que ele apareceu com uns cortezinhos no pulso foi porque tinha feito a barba de maneira tosca e porca”, disse à polícia M.F., amigo de Bruno e chefe.

Depoimentos colhidos pela Polícia Civil durante as investigações relatam, no entanto, que vizinhos teriam ouvido barulho de discussões de Bruno e uma amiga de negócios, horas antes de Bruno ser imortalizado na História. “Eles gritavam muito... Ela não queria ajudá-lo a abrir o saco de amendoim, acho”, disse Alfredo Dias, morador do prédio.

saiba mais sobre a morte do empresário e comunista Bruno de Pierro
Após coletar amostras do amendoim que estavam espalhadas pelo chão – alguns deles ainda contendo baba do jovem – a pericia deu início à reconstituição. Um ator representando Bruno permaneceu postado no mesmo sofá em que o subeditor estava. Para fazer a cena, o homem primeiro acomodou-se no móvel, seguindo as descrições apresentadas por amigos de Bruno. Depois, segundo hipóteses de como o estudante deveria estar sentado no dia, sentou com as pernas jogadas para o lado, e apoiou o braço esquerdo no braço direito do sofá, inclinando o dorso e repousando a cabeça sobre o joelho direito. A incomoda posição causou um torcicolo de escala 9.6 no ator, que teve de ser levado ao hospital. “Ele morreu comendo? Foi sorte dele então não ter morrido com uma vértebra quebrada”, reclamou o rapaz a caminho da ambulância. Questionados se Bruno era praticante de yoga, os amigos dele negaram e a polícia considerou a descrição uma brincadeira de mau gosto.

O próximo passo causou frenesi no prédio. Com o auxilio de um boneco de mesmos peso e altura de Bruno (sem roupa), peritos realizaram o último item da reconstituição. De uma altura de mais de 45 metros, jogaram Dedé, como foi apelidado o boneco usado pela policia, da janela do apartamento. Muitos moradores acompanharam a operação com apreensão e emoção. Foram ao todo cinco arremessos, tentando simular com exatidão como o corpo de Bruno pousou no jardim da guarita. Entretanto, quando a pericia já se preparava para o sexto arremesso, o porteiro Zé Inaldo, que trabalhava no horário da morte do blogueiro naquele dia, bem lembrou os técnicos do IML de que ninguém havia caído da janela. “Ele morreu lá em cima, e lá ficou o tempo todo, até começar a feder”, finalizou. Sem graça, o chefe da pericia disse que a medida foi necessária, mas não soube muito bem explicar por que. Carismático, Dedé, o boneco, animou a criançada. “Foi Bruno que mandou ele aqui, de onde quer que ele esteja, pra alegrar nossos filhos, mesmo num momento tão difícil desses”, afirmou Márcia G., moradora do prédio.

A polícia agora pretende chamar pessoas próximas de Bruno para prestarem depoimento. O primeiro deve ser M.F., que, segundo os investigadores, foi quem deu o saquinho de amendoins para o aspirante a jornalista.





3 comentários:

Sgura disse...

deviam ter mais respeito com este grande nome do jornalismo.

Patricia Perez disse...

Oi Bruno, Tudo bem?

Meu nome é Patricia Perez, estou trabalhando na divulgação do 5º Concurso Universitário de Jornalismo CNN. Acredito que isso possa ser interessante para vocês e para os leitores do Androceu.

As inscrições começaram no dia 24 de março e podem ser feitas até dia 29 de junho de 2009.O tema deste ano é “O uso da tecnologia no desenvolvimento social'.

A novidade de 2009 é que o estudante poderá enviar o vídeo de até 2 minutos pelo YouTube, sendo que ele poderá produzir quantas matérias quiser. O concurso é válido somente para estudantes de jornalismo.O ganhador conhecerá os estúdios da CNN International, além de ter sua matéria exibida pelo canal.

As inscrições podem ser feitas no site:

www.concursocnn.com.br

Acompanhe ainda as novidades no Blog:

http://www.concursocnn.com.br/2009/blog/

e fique à vontade para esclarecer quaisquer dúvidas comigo,

por este email ou pelo telefone: (11) 3711-8131

Obrigada pela atenção.

Patricia Perez

patricia@ichimps.com.br

androceu disse...

Cara, Patrícia:

Caso não tenha percebido, o nosso subeditor Bruno de Pierro falaceu.
Aliás, a CNN pecou em não noticiar isso, não é mesmo, mocinha?

abraços,

a redação