1 de abr de 2009

Bruno de Pierro morre após engasgar em São Paulo

Da Redação

O estudante de Jornalismo Bruno de Pierro, 21, morreu durante a madrugada desta quarta-feira na sua residência, em São Paulo, após um engasgamento provocado por amendoins, informou o hospital Albert Einstein, às 06h30.

A sufocação do subeditor do Blog Androceu já havia sido anunciada na tarde de hoje pela própria família.

A operação para a retirada de órgãos para doação foi realizada assim que a morte cerebral foi confirmada. Os pais do jovem disseram que ele doaria tudo, menos o coração, pois, como costumava afirmar em entrevistas, “pertence e pertencerá apenas a uma mulher”. “Só falta saber exatamente a qual mulher”, completava em tom melancólico, sua marca.

Ironia ou não, o coração de Bruno não poderia mesmo ser doado. "A caminho do centro cirúrgico houve uma parada cardíaca inviabilizando o transplante", disse o médico Edegar Euclídes, especialista em engasgamento.

Bruno de Pierro será enterrado na manhã desta sexta-feira no Cemitério da Vila Mariana, em São Paulo.

No momento o corpo é velado na Assembléia Legislativa de São Paulo. Segundo dados da polícia militar, cerca de 100 mil pessoas já compareceram ao local para dar o último (ou primeiro) adeus ao quase-jornalista. Muitos curiosos levaram flores e uma grande frota de moças vendedoras ambulantes de Yakult depositaram próximo ao caixão centenas de amostras do produto, tão apreciado por Bruno. “Era nosso maior comprador e nosso maior amigo”, disse uma delas.

As homenagens devem se estender até a meia-noite. Amanhã o corpo segue para Brasília, onde será velado no Salão Negro do Congresso Nacional. O presidente Lula emitiu nota de próprio punho confirmando sua presença, “principalmente pela importância do jovem na criação do Blog Androceu”, escreveu o petista.

O vôo só deve sair de Brasília nesta quinta-feira, por volta das 19h00.

Acompanhe a cobertura completa da morte de Bruno de Pierro neste blog.

2 comentários:

Sgura disse...

É um acontecimento mundial, se houveram culpados estes não podem ficar impunes, jamais! Bruno de Pierro és eterno!

Zine Qua Non disse...

Inclusive foi decretado feriado nacional!
Bruno conversava todos os dias com o presidente via MSN e orkut.
Sua amiga Paula não foi ao velório "por querer guardar uma lembrança dele vivo e não dentro de um caixão".
Estudantes dos colégios públicos nacionais festejam, pois graças à morte do quase jornalista, não terão aula essa semana.

Beijocas, querido
Espero não ler essas coisas por um bom tempo... Hehehe...