1 de nov de 2008

Bruno de Pierro vence debate do blog

Da esquerda para a direita: Carlos Massarico (PX), Bruno de Pierro (PPT) e Thomas Pacheco (PPP) .


Pesquisa do Datafolha indicou que Bruno de Pierro, do PPT (Partido dos Pseudo Trabalhadores), derrotou seus rivais Carlos Massarico, do PX (Partido Xenófobo) e Thomas Pacheco, do PPP (Partido dos Paraquedistas Perdidos), no primeiro e único debate para o cargo simbólico de administrador do blog.
De acordo com o instituto, Bruno teve aprovação de 90% dos ouvintes do Podcast, contra 35% de Thomas e apenas 3% de Carlos.
Combate- Moderado por João Caldeira, o debate foi tenso do início ao fim. Atual administrador, Bruno foi questionado por não atualizar o relógio para o horário de verão. Ele respondeu que essa será sua primeira medida se for eleito e prometeu ainda mais: “Vamos levar o blog para além das fronteiras da PUC”.
Já Thomas resolveu concentrar seus ataques em Carlos: “O senhor escreveu um texto que falava que o blog vai acabar”. O candidato do PX respondeu: “É mentira. Prova disso é que criei as Olimpíadas Androcêuticas, o Plebiscito Androcêutico e o Troféu Ombudsman”.
O jornalista Alan M. fez perguntas aos candidatos. Ele questionou as polêmicas Olimpíadas Androcêuticas, acusadas de favorecerem o neoliberalismo e a privatização do Androceu: “O candidato do PX trouxe o capitalismo para o blog e ainda boicotou a CPI dos comentários. Isso é terrorismo”, disse.
A votação do segundo turno vai durar cerca de um mês e promete grandes emoções.

6 comentários:

Max disse...

O Alan não destacou, mas eu destaco: O bate-boca entre o candidato do PX e o jornalista Alan M. também foi uma das marcas do debate e ambos quase chegaram a se agredir se não fosse o vidro que os separavam.

Luiz Henrique Mendes disse...

Reportagem parcial.

Juh disse...

Ai este jornalismo marrom!

carlitos disse...

Agradeço a defesa de minha companheira Julia que está sempre ao meu lado. Fica claro que a imprensa marrom não impedirá o sucesso de nossa chapa que apresenta propostas de verdade. Bruno não pode se vangloriar de dizer que uma de suas propostas era acertar o relógio, afinal essa era uma obrigação! É a mesma coisa que dizer que não roubou em sua gestão, algo que deveria ao menos ser a obrigação!

Lauríssima disse...

vcs são loucos!!!
hahahahahaha

Thomas disse...

Laura, votou em mim, né!?

Muito agradecido pela sua decisão acertada!