4 de jan de 2010

Começo promissor

Corinthians 5 x 0 Araguaína-TO – 1ª rodada

Conquistar tudo. Esse é o principal desejo da torcida corinthiana no ano que marca o centenário do clube. Sete vezes campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a popular Copinha, o Corinthians começou bem a luta pelo oitavo caneco da principal competição sub-18 do país.
Em busca do bicampeonato, o time do Parque São Jorge goleou o Araguaína-TO por 5 a 0 na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. Com o resultado, lidera o Grupo K da competição.
Antes da crônica do jogo em si, um breve parêntese sobre a novíssima arena da cidade. Considerada a 33ª melhor cidade de São Paulo para se morar, o governo local gastou cerca de 25 milhões de reais do contribuinte aumentando a capacidade do lugar. O argumento utilizado é que o histórico estádio não estava conseguindo suportar a gigantesca média de 3 mil torcedores da Ferroviária, seu principal time, na segunda divisão do estadual. Das duas, uma: ou há grana sobrando nos cofres públicos ou há interesses obscuros por trás disso tudo, mas vamos deixar essa parte para o nosso Luiz “Juca Kfouri” Mendes analisar.
Com a temperatura batendo na casa dos 30 graus (e os relógios marcando nove da noite), o Corinthians iniciou a partida cadenciando o ritmo e precisou menos de 10 minutos para abrir o marcador. Jadson, emprestado por Mano Menezes à equipe, cobrou falta pela esquerda e Willian, que promete ser uma grata surpresa no ataque alvinegro, apareceu por trás da zaga para cabecear e fazer o primeiro gol do centenário.
O segundo gol surgiu oito minutos depois, mais uma vez pelo alto. Jadson mostrou precisão ao bater escanteio e Willian aproveitou a saída mal feita do goleiro Roberto para ampliar a vantagem.
Com dois gols de vantagem, o Corinthians voltou a cadenciar o jogo e viu Iris, um dos zagueiros do time de Tocantins, ser expulso aos 38 do primeiro tempo em atitude equivocada do juiz da partida. Com um a menos, o Tourão do Norte, como é conhecido o time do Norte, sequer ameaçou reação e passou o restante do jogo correndo atrás dos passes corintianos, que irritaram boa parte da torcida “comum” que lotou as arquibancadas do estádio.
Sai a cadencia, entra a velocidade. Com esse pensamento o Corinthians voltou para o segundo tempo querendo atender o desejo da torcida de ver uma goleada logo no primeiro jogo da torcida. E não teve que esperar muito.
Aos 10 minutos do segundo tempo, Taubaté recebeu lançamento de Jadson, invadiu a área, afastou a marcação com o corpo e tocou no canto direito de Roberto Aos 30 minutos, Dodô bateu rasteiro pela esquerda, Roberto espalmou para o meio da área e Jadson, o grande nome do jogo, tocou, marcando o quarto. A goleada foi consolidada aos 42 minutos do segundo tempo, quando Jonatan deu grande passe para Elias, deixando-o na cara do gol. O jogador invadiu a área e, com frieza, tocou firme pelo alto na saída de Roberto para fechar a festa alvinegra no interior paulista.
As equipes do Grupo K voltam a campo na próxima quarta-feira, na Arena Fonte Luminosa. A Ferroviária, que venceu seu jogo de estreia por dois a zero, pega o Araguaína-TO, enquanto o Corinthians encara o Vila Aurora-MT.

Os outros: Considerado a principal pedra no caminho do octa alvinegro na opinião desse modesto cronista, o São Bento foi derrotado em sua estreia na Copinha. O Azulão perdeu por 2 a 0 para o Barueri e ocupa a lanterna do grupo B. O São Paulo também já fez sua estréia e sapecou uma sonora goleada por 4 a 0 no CSA pelo grupo H. Palmeiras e Santos ainda não jogaram.

Nenhum comentário: