29 de ago de 2007

O guerreiro foi ferido, não morto

O soco foi bem dado. Um ataque traiçoeiro e inesperado. A queda foi sem resistência, e o fim parecia próximo para o BLOG ANDROCEU.
O blog já estava em crise. Poucos escreviam e menos ainda comentavam. A era de ouro havia acabado há muito tempo, e entre destroços de uma época remota, nossa equipe discuta o futuro do blog.
Talvez a magia havia acabado. Muitos blogs surgiriam, mas nenhum havia nos conseguido superar. Fomos pioneiros em vários campos e donos de inúmeras polêmicas e mitos. Quem não há de se lembrar de trabalhos imortais (e imorais) como “Deus existe?” ou Futurismo?
O ataque veio no pior momento da breve história do blog. Os integrantes, antes amigos de fé e camaradas de bar, viviam um momento tenso na relação e uma cisão do grupo parecia ser iminente. O ataque contra nós deveria dar o golpe de misericórdia no guerreiro androceutico, mas, em vez de sucumbir, ele se levanta como um fênix, abre as asas de gavião, e voa mais uma vez para lutar por seus idéias, que nos levaram até aqui: cerveja, mulher e vadiagem, a santíssima trindade androceutica.

O ANDROCEU revive. E jamais acabará.

A equipe.

5 comentários:

mario disse...

O Androceu só não é mais foda que o Caribe.

carlitos disse...

ficou bem melhor o blog agora, mas o pessoal precisa postar. tem algum problema na enquete, eu nem votei e a resposta está como "alterar seu voto".

j. caldeira disse...

escuta, eu também tenho conta no blogger! como faz pra colocar minha conta como colaborador?

Max disse...

Me passa um e-mail que você quer receber o convite. Assim você vai poder postar sem problemas depois.

Alan disse...

ANDROCEU ETERNO.