11 de mar de 2010

O que é isso, brasileiro?



Não tem Boca, não tem River. Acabaram as desculpas para os brasileiros que estão perdendo todas na Libertadores nos últimos anos? Nada disso. Dessa vez se algum clube brasileiro não for campeão, será por causa de um problema recorrente nessa competição: falta de qualidade. Tá faltando bola pros times brasileiros. Seria esse ano uma oportunidade de bi para nosso inesquecível Once Caldas?

Acabo de ver o jogo Nacional do Paraguai e São Paulo e tive a nítida impressão de que o clube paraguaio é pior que muito time que joga a A2 do Paulistão. “Até o São Bento ganharia desse Nacional”, soltei para o meu pai, sãopaulino que estava arrancando os cabelos com cada um dos inúmeros erros de passe de Hernanes e cia. Ver o São Paulo na Libertadores dá até sono, nem parece aquele time que o Galvão cansou de dizer que tem uma “química com a Libertadores”. Papo furado. Na Libertadores, se não fosse Washington, o São Paulo teria só dois pontos.

Até o Inter penou para vencer o coitado do Emelec. Acho que o Naviraiense conseguiria vencer o Emelec. Isso que o jogo foi no Beira Rio. Dá até dó. Que tal o Cruzeiro que já começou perdendo para o Avaí da Argentina? Não tenho dúvidas que o Vélez foi Chilavert e ponto final, mas tem time mineiro aí que tenta reviver esses clubezinhos mortos. Quanto ao Flamengo, venceu duas e parece estar jogando bem, mas todos sabem que logo vai tomar de três para algum time mexicano e vai ser eliminado.

Outro que demonstra que logo, logo vai começar a tropeçar é o tão esperado Corinthians, que penou para vencer o pobre Racing (com gols de um volante) e só não saiu derrotado de Bogotá por um milagre do banco. Só tem time ruim nessa Libertadores e nem assim os brasileiros estão fazendo suas partes. Olhem que até agora o Corinthians pegou os dois mais fáceis de seu grupo, pois o Cerro é líder no paraguaio e vai complicar, apesar de estar na lanterninha. Abre o olho e ganha o Paulista enquanto há tempo, Centenada.

2 comentários:

Max disse...

O Corinthians até não pode estar jogando um exelente futebol, mas para mim já está classificado às oitavas já.
E não acho que o Cerro seja o principal adversário do alvinegro no grupo, mas sim o MID.
O Flamengo faz o roteiro de sempre: começa bem mas vai ganhar nas oitavas para um time pequeno e na minha visão esse é o pior São Paulo dos últimos quatro anos.
E se não tem Boca e River há Estudiantes que ainda tira o sono de muito cruzeirense.
Mas ainda acredito que o titulo acaba com um brasileiro. E digo mais: será um paulista que entrará no jogo final com seu uniforme roxo.

Alan disse...

Se o Ricardo Gomes não fosse um técnico medíocre (Pré Olímpico de 2004, alguém lembra?), ele teria condições de formar um bom time no São Paulo.
Mas como diria o Cléber Machado, vai ganhar a Libertadores aquele que vencer a maioria dos jogos. Ou não.