29 de mar de 2010

Androceu.com: ou vai, ou racha


Tudo ainda não passa apenas de um emaranhado de ideias. De concreto, temos apenas a certeza de que poderemos utilizar o domínio www.androceu.com, de que deveremos usar a plataforma Blogger e que alguns androcêuticos já se propuseram a publicar um número razoável de posts para dar liga ao projeto. Isso que nem precisa de tanto assim. Somos tantos que talvez se conseguissemos pelo menos uns cinco posts de cada um já teríamos um bom número de publicações mensais. Nada de UOL, Terra ou IG, seremos bem mais modestos, mas eu espero que pelo menos sejamos algo de fato, não apenas nesse emaranhado intenso de ideias.

Meu sonho, que talvez convirja com o de mais androcêuticos, é o de fazer desse nosso Androceu algo que contemple nossa maturidade, nossa evolução após esses três, quase quatro longos anos que passaram tão rapidamente. Não nos deve importar a postagem de milhares de posts por dia, semana ou mês, acredito piamente que o Androceu possa ser uma plataforma para nós. Um espaço livre para postarmos assuntos interessantes, com a cara do Androceu: um qualificado humor, uma linguagem livre e com as nossas caras. Muitos de nós não temos nada a fazer de tarde, por que não investirmos nesse projeto?

Chega de pensar em questões banais e que nunca chegarão a uma conclusão, tais como o design ou as editorias. Isso tudo é o de menos. Nosso portal deve possuir algo muito maior que isso: conteúdo. Temos sim muito conteúdo para oferecer, mesmo que aos ventos em um primeiro momento. No futuro acredito na possibilidade de um avanço, de sermos uma referência na internet. Vejo tantos blogs mequetrefes que fazem sucesso, tantos projetos sem criatividade ou inovação que são premiados nos Top Blogs da vida.

Quero saber quem está com a gente, quem está disposto a postar, pelo menos, cinco vezes por mês. Não há como mantermos um sonho desses sem textos. Sem falsa modéstia, somos sim muito talentosos, sabemos escrever muito bem, somos criativos, engraçados. Cansei de ver humor jornalístico na TV, no Rádio, mas alguém conhece algum blog que possua nosso tipo de humor? Escrachar pode não ser uma novidade, mas na internet, não vejo tanto espaço para esse tipo de comunicação. Essa é nossa chance. Com esse portal, não decreto a morte do blog, pelo contrário.

Podemos acertar os últimos detalhes e inaugurar esse portal em junho, para começar bombando. Nesse período tudo deve estar acertado com o design e com as editorias e o caralho a quatro. Vamos sair do campo do futuro e vir ao presente? Quem está comigo nesse projeto? Vamos à luta, filhos da pátria!

8 comentários:

M.F disse...

E la de longe, numa ilha que so chove, venta e sem acentos no teclado, uma voz diz: I`m in, man!

So preciso resolver umas questoes praticas, como comprar um cpu, mas acho que ate junho ja posso ir adiantando material atemporal. QQr coisa deem um grito que eu ouco. Ou nao.

João Paulo Caldeira disse...

Aí Corlas, tô dentro também.

Gustavo disse...

Eu também. Mas só um detalhe:

"[..]com a cara do Androceu: um qualificado humor, uma linguagem livre e com 'as nossas caras'."

Precisa ser algo feio mesmo?

carlitos disse...

eh verdade, gustavo, não tinha pensado na ambiguidade dessas palavras. bom, acho que podemos cortar esse trecho. haha

Alan disse...

Podem contar comigo.
Mas a dúvida é: onde paramos?
O que fizemos desde aquela reunião?
Sei que fazer planejamento é uma coisa meio chata, mas acho que devíamos pensar nisso para o Projeto Androceu.

carlitos disse...

sim, alan, sua dúvida é pertinente. mandarei um e-mail com detalhes sobre nossos avanços até então (sobre tudo). adianto aqui que inicialmente o layout será semelhante a esse que temos no blog, mas com ressalvas gerais, ou seja, soltaremos uma versão beta e opiniões de mudanças são muito bem-vindas.

João Paulo Caldeira disse...

"com a cara do Androceu:[...]"

http://tinyurl.com/mfvhyj

Bruno de Pierro disse...

tô dentro tb! vamos fazer do Androceu um blog tão bom quanto o que tinhamos antes e tão ruim quanto aqueles que tentam nos copiar.