27 de ago de 2008

Resposta tardia

Alguns meses atrás, se não me engano em março, postei um texto que eu escrevi para a aula do Wladyr. Neste texto, contava a respeito das boates-puteiro da Rua Augusta, um pequeno panorama da prostituição no Brasil. Quem leu o texto com atenção entendeu, especialmente nos dois últimos parágrafos, que o objetivo do texto é questionar e atacar a exploração sexual da mulher. Porém, hoje, ao ler textos antigos e seus comentários, me deparei com a seguinte crítica:


Meu nome não vou revelar, mas trabalho em uma dessas boates na Rua Augusta e acredito que você critica pois tem um emprego, já que perde tempo da sua vida escrevendo em blogs sobre um emprego assim como outro. Não trabalho com isso por opção, aliás ninguém trabalha com programa porque gosta de ser arrombada. Acho que em vez de você criticar um modo de sobreviver nesse mundo injusto, deveria criticar a falta de emprego do nosso país. Você não acha? Nesse mundo capitalista em que vivemos, essa foi a única solução que encontrei, não posso contar com o governo, você pode? Então, pense duas vezes antes de postar em sua blog, algo tão preconceituoso, e comece a fazer sua parte pra mudar o mundo, escreva com respeito.
Aposto que você vai na Rua Augusta todo dia, pra falar assim com tanta convicção. E se não vai, você não tem o direito de falar de uma coisa que você nem conhece. Obrigado pela atenção, e pense nisso.

11 de Junho de 2008 10:55


Gostaria de responder este comentário, apesar do atraso:


Não sei seu nome, uma vez que você não se identificou, o que poderia ter feito sem medo nenhum. Escrevi o texto justamente para criticar um sistema de lenocínio que se aproveita de um país injusto, de poucas ou nenhuma oportunidade e vende suas mulheres como produtos. Não estou criticando você de maneira nenhuma, aliás, em meu texto chamei as garotas de programa de vítimas, mais de uma vez. Não sou preconceituoso, pensava ter deixado isso claro no texto. Não critico o modo que você encontrou de sobreviver e tenho certeza que nenhuma de vocês gosta disso. Minha crítica é a um modo de governo e um sistema que leva mulheres a isso. Espero muito sinceramente que você leia esta resposta e entenda que meu objetivo não era atacá-las, mas defendê-las.

3 comentários:

brunoo disse...

mario...este comentário foi publicado neste blog? não me recordo disso.

Alan disse...

Foi publicado aqui Bruno:
http://blogandroceu.blogspot.com/2008/03/carne-viva.html

Das duas uma: ou alguém de fora acessou nosso blog e fez um comentário interessante ou algum engraçadinho quis começar uma polêmica.

Alan disse...

Como a data desse comentário foi bem posterior aos outros, fico com a primeira opção.
Alguém de fora entrou, leu e comentou. O que é muito legal.